quarta-feira, novembro 10, 2004

Planta do mês - VIII




Dracaena draco - Dracaenaceae

Dragoeiro

Árvore perene
Altura e largura: 15m x 10m
Solo moderadamente fértil ou pobre, bem drenado
Sol

Originária das ilhas de Cabo Verde, Canárias e Madeira, de crescimento bastante lento. Poucos exemplares sobreviveram, maior parte das árvores que vivem no seu habitat natural foram plantadas pelo homem. É cultivada como ornamental pelo seu aspecto invulgar, florescendo com centenas de pequenas flores cremes perfumadas, seguidas de pequenos frutos esféricos cor de laranja. A floração faz com que a planta se ramifique e crie o aspecto do "dragão das cem cabeças".

Plantada um pouco por toda a zona mediterrânica onde a temperatura mínima nao vá abaixo dos -5C e jardins subtropicais pelo mundo fora.

3 Comments:

Anonymous Anónimo said...

O Dragoeiro também é originário dos Açores!...

segunda-feira, 23 outubro, 2006  
Anonymous Anónimo said...

Se me permite, tecnicamente, não. O Dragoeiro é endémico da Macaronésia que é constituída pelos arquipélagos da Madeira, Cabo Verde e Canárias. Os Açores não estão incluídos.

sexta-feira, 08 dezembro, 2006  
Anonymous Anónimo said...

O Dragoeiro é endémico de quase toda a Macaronésia, incluindo os Açores, mas não de Cabi Verde.

quinta-feira, 06 setembro, 2007  

Enviar um comentário

<< Home

Listed on BlogShares